Barretta

Photographer
    
empty streets, lived space
Location: Sao Paulo, Brazil
Nationality: Brazil-Italy
Biography: Free-lancer photographer based in Sao Paulo, Brazil. Working as photojournalist and documentary photographer since 2008.
Public Story
empty streets, lived space
Empty city, lived space

This essay is not exactly a record about the metropolis of São Paulo, with more than 12 million inhabitants, during the quarantine period, but above all an opportunity to photographically explore an old desire to reflect on the space itself – stage and actor simultaneously – in this complex city in a country on the periphery of capitalism. By eliminating the human element, an inevitable attraction for the eyes, the streets become silent and with attention, one can hear the whisper of the multiple layers of temporalities built and rebuilt on top of each other in an uninterrupted process through the past decades.

São Paulo grew explosively during the 20th century and in the process erased and muted its memory in the name of a modernity never fully achieved. When we remove this social dynamic (flows) what we have is the static materiality (fixes) built but, as the brazilian geographer Milton Santos (The Nature of Space) observes, this is the territorial configuration and not yet the space itself.
Recolho – Cidade vazia, espaço vivido

Esse ensaio não é exatamente um registro sobre a metrópole de São Paulo, com mais de 12 milhões de habitantes, durante o período de quarentena, mas antes de tudo uma ocasião de explorar fotograficamente um antigo desejo de refletir sobre o espaço mesmo – palco e simultaneamente ator – nessa cidade complexa num país da periferia do capitalismo. Ao eliminar o elemento humano, inevitável atração para os olhos, as ruas silenciam e com atenção, pode-se ouvir o sussurro das múltiplas camadas de temporalidades construídas e reconstruídas umas sobre as outras num processo ininterrupto através das décadas.

São Paulo cresceu de forma explosiva durante o século XX e nesse processo apagou e sufocou sua memória em nome de uma modernidade nunca plenamente alcançada. Ao retirarmos essa dinâmica (os fluxos) o que temos é a materialidade estática (os fixos) construída, ainda assim, como observa o geógrafo Milton Santos (A Natureza do Espaço), esta é a configuração territorial e não o espaço em si.
1,013

By Zé Barretta —

VISUAL STORY

days of emptiness

By Zé Barretta / São Paulo — Days of Emptiness São Paulo, uma metrópole de mais de 20 milhões de habitantes, ficou..
VISUAL STORY

A Vila

By Zé Barretta — A Vila Paranapiacaba é uma vila histórica pertencente ao município de Santo..
VISUAL STORY

Fe2O3 an archaeology of image

By Zé Barretta / Brasil, Piauí, Serra da Capivara — Fe 2 O 3 - Uma Arqueologia da Imagem O ensaio é uma investigação a respeito dos..
VISUAL STORY

Territories in Resistance

By Zé Barretta / São Paulo, Brazil — Territórios da Resistência A questão habitacional grave e histórica no Brasil..
VISUAL STORY

Passing Landscapes

By Zé Barretta / São Paulo, Brasil — Paisagens Passageiras Um olhar pessoal sobre a noite de São Paulo. Este trabalho recebeu o..
VISUAL STORY

Transitory Scars

By Zé Barretta / São Paulo, Brasil — Transitórias Cicatrizes Neste projeto me concentro nas marcas deixadas em paredes após..
Join us
for more access